Como evitar “bolinhas” na roupa de cama?

Como evitar “bolinhas” na roupa de cama?

Tempo de leitura: 3 minutos

Tirar bolinhas: ah, como isso é chato!

A gente faz de tudo para evitá-las, mas elas teimam em aparecer!
As famosas “bolinhas” podem fazer com que uma peça de enxoval, ainda nova, pareça desgastada, além de se tornar desconfortável.
Confira as dicas que preparamos e saiba como cuidar bem da sua roupa de cama e evitar esse problema.

O QUE SÃO AS BOLINHAS?

Essas estruturas que se formam nas roupas, parecidas com “bolinhas” são, na verdade, fibras. Fibras que se quebraram, se separaram e se amontoaram na superfície do tecido. Elas podem aparecer nas mais diferentes peças de roupas e em diversos tipos de tecido. Geralmente são causadas pelo atrito entre pedaços de tecido.

A MALHA 100% ALGODÃO

Quem não quer ter problemas com as “bolinhas” logo depois de adquirir o enxoval deve considerar escolher produtos de qualidade. Mas como saber quais artigos têm uma melhor composição? É bem simples!

Você pode se deparar com alguns itens que levam em sua etiqueta a seguinte legenda: “malha 100% algodão” ou “fio 30/1”. Essa titulagem se refere à espessura do fio, segundo critérios internacionais que indicam que quanto maior o título do fio, mais fino ele será.

Ou seja, se a etiqueta indica que o produto é composto de “malha 100% algodão” ou por “fio 30/1”, significa que seu fio é extremamente fino e feito de fibras naturais, o que garante maior conforto e maciez, e principalmente, evita a formação das “bolinhas”.

DEPOIS DE FORMADAS, COMO SE LIVRAR OU TIRAR BOLINHAS?

Mesmo cuidando bem das suas roupas de cama e escolhendo os produtos de melhor qualidade, pode ser que as ingratas “bolinhas” teimem em aparecer. Mas, calma: existem formas de se livrar ou tirar bolinhas, de vez.

  1. Colocando a peça em uma superfície plana, use uma tesoura pequena ou uma lâmina de barbear e, delicadamente, passe-a sobre o local onde as bolinhas se concentram. Tome cuidado para não danificar o tecido neste processo.
  2. Utilizando uma fita crepe ou adesiva larga, de alta aderência, pressione o tecido da roupa de cama. Puxe a fita adesiva removendo os fiapos e bolinhas que estiverem na superfície.
  3. O “papa-bolinhas” é um exemplo de aparelho que já existe no mercado e ajuda (muito!) na remoção das “bolinhas”. Ele funciona como um mini aspirador. Remove essas estruturas da superfície da roupa, substituindo a lâmina e evitando possíveis danos nos tecidos.

[ Dica extra ] LAVANDO E GUARDANDO A ROUPA DE CAMA PARA MAIOR DURABILIDADE

É muito importante lavar peças diferentes em separado: as de algodão em uma lavagem e as de poliéster ou tecido misto em outra. Isto porque o poliéster tem maior probabilidade de soltar as tais “bolinhas”, o que pode prejudicar os itens fabricados em fibra natural, diminuindo sua suavidade e maciez.

Depois de lavadas, experimente o seguinte método de organização: dobre as fronhas junto aos lençóis e guarde-os em conjunto. Isso evita que uma peça do jogo acabe ficando mais velha que as demais antes do tempo.

Acondicionar corretamente a sua roupa de cama pode ajudar também a evitar a formação das “bolinhas”. Depois de lavar e passar o lençol, coloque-o por baixo da pilha, assim você mantém o controle do uso dessas peças, promovendo um rodízio. A utilização do protetor de colchão é outra estratégia que pode prolongar a vida útil da roupa de cama.

DICA: Quer manter as roupas de cama cheirosas até o momento de utilizá-las? Passe um pouco de água perfumada na hora de passar as peças. Além de mais macias, elas ficarão com um perfume delicioso!

Cuidando bem das peças do seu enxoval, você pode utilizá-las por muito tempo! Agora que você já sabe como evitar ou remover as “bolinhas” desagradáveis das suas roupas de cama, que tal escolher os melhores artigos para compor o enxoval do seu quarto em nossa loja virtual: www.jumaenxovais.com.br

2 Comentários


    1. Vivendo e aprendendo, Nadia! Se tiver alguma dúvida sobre assuntos de cama, mesa e banho manda pra gente que tentaremos responder com algum novo conteúdo 🙂

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *